Quantcast
Pecuária

Camboja aberto para a exportação de carne de suíno nacional

DGAV autoriza habilitação de estabelecimentos que pretendam exportar porco para China

As empresas nacionais já podem exportar carne fresca de suíno e produtos de suíno para o Camboja.

A notícia foi esta sexta-feira (21 de setembro) avançada pelo Executivo, que indica que os operadores já podem contactar as Direções de Serviços de Alimentação e Veterinária da sua Região (DSAVR) ou os serviços competentes das Regiões Autónomas (RA) para conhecer os requisitos aplicáveis à exportação.

Luís Medeiros Vieira, Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, sublinha que “o reforço da competitividade do setor agroalimentar, através da criação de condições para o aumento das exportações e para a internacionalização das empresas deste setor, é um fator decisivo para o cumprimento daquele desígnio (…) Estamos a trabalhar de forma intensa e empenhada na abertura de 55 mercados, para viabilização da exportação de 253 produtos, sendo 202 da área animal e 51 da área vegetal, sendo que o XXI Governo Constitucional já abriu 49 mercados, para 181 produtos (140 da área animal e 41 de origem vegetal)”.