Quantcast
Financiamento

CAP apela a “derradeiro esforço” para conclusão do acordo sobre a PAC até final do mês

A CAP considera que o governo português tem condições para concluir com sucesso o fecho da negociação da proposta da PAC.

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) considera que o governo português, através da Ministra da Agricultura, tem condições para concluir com sucesso o fecho da negociação sobre os três regulamentos que compõem a proposta da PAC. Face à entrada no último mês da Presidência Portuguesa da União Europeia, a CAP manifestou, em comunicado, “a sua inteira disponibilidade para contribuir para o sucesso desta negociação”.

“A disponibilidade para ajudar o Governo Português a concluir esta negociação, que já vai demorada e ultrapassou o prazo desejável, é total. A Presidência Portuguesa da União Europeia não pode ficar marcada pela não conclusão desta importante negociação. Estamos numa luta contra o tempo”, afirmou o presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa.

“Este dossiê deveria ter ficado fechado no final do mês que passou e, por isso, a CAP está presente e disponível para contribuir com todas as suas capacidades e ajudar o Governo a fazer um derradeiro esforço para se obter um acordo que sirva os interesses de Portugal e da Europa antes do final de junho”, explica o responsável.

Recorde-se que o Governo Português recebeu o processo negocial já em curso, que transitou da Presidência Alemã da União Europeia, e todas as expetativas apontavam no sentido de ser possível concluir as negociações da proposta da PAC durante o atual semestre. Na visão da CAP, “essas expetativas mantêm-se e são atingíveis”.