Quantcast
Agricultura

Manuel Castro e Brito faleceu

Manuel Castro e Brito Vida Rural

Manuel Castro e Brito faleceu esta madrugada (29 de março), aos 65 anos, vítima de doença súbita. Natural de Baleizão, onde nasceu, a 25 de setembro de 1950, Manuel Castro e Brito era agricultor e presidente da ACOS-Agricultores do Sul e da Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo e era ‘cara’ da organização da Ovibeja. O funeral realiza-se amanhã (quarta-feira), pelas 10h00, após missa na igreja do Carmo, em Beja.

banner APP VR Mobile

Comendador, com o Grau de Mérito Agrícola, Comercial e Industrial-Classe Mérito Agrícola, era um reconhecido defensor da agricultura alentejana. A EDIA, entidade gestora da infraestrutura de Alqueva, já reagiu comentando que perde-se assim “uma das principais vozes na reivindicação do projeto de Alqueva e na promoção da região, dando expressão pública aos sentimentos da classe que representava, numa luta constante pela melhoria das condições profissionais dos agricultores e do Alentejo.” A mesma entidade refere que “o Alentejo perdeu uma Voz, e a agricultura alentejana perdeu um defensor. Alqueva deve-lhe a determinação da sua defesa.”