Quantcast
Florestas

Certificação florestal regional PEFC chega à região da Lezíria do Tejo

Os CTT e a associação ambientalista Quercus uniram-se para pedir aos portugueses que, ao longo dos próximos meses, ajudem a reflorestar a floresta portuguesa.

A ACFALT – Associação para a Certificação Florestal do Alentejo e Lezíria do Tejo, recebeu o certificado regional do Programa para o Reconhecimento da Certificação Florestal (PEFC, na sigla inglesa) de Certificação de Gestão Florestal Sustentável, para a região (NUT 2) do Alentejo, abrangendo um total de 3,16 milhões de hectares de áreas florestais e agroflorestais.

A área florestal é composta por um mosaico diversificado de espécies que incluí o sobreiro, a azinheira, o pinheiro manso, o eucalipto e o pinheiro bravo, entre outras.

Em comunicado, a ACFALT considera que a certificação florestal PEFC do Alentejo “representa uma oportunidade alternativa para os produtores florestais colocarem no mercado produtos com a garantia de origem certificada”.

A comercialização dos principais produtos florestais da região como produtos certificados, além de aumentar a disponibilidade de matérias-primas certificadas, eleva os padrões de gestão e valoriza os produtos no mercado.

“Esta realidade potencia o desenvolvimento económico local, uma maior sustentabilidade social do território e a captação das mais-valias ambientais da região”, conclui o comunicado.