- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Cooperativas vinícolas europeias pedem apoio extraordinário para o setor

As cooperativas vinícolas de Espanha, França, Itália e Portugal (que representam 50% da produção de vinho da União Europeia) solicitaram à Comissão Europeia um apoio extraordinário [1] para o setor.

Em nota de imprensa [2], a Cooperativas Agro-alimentarias de España revela que, em conjunto com a Coopération Agricole (França), a Alleanza delle Cooperative Italiane (Itália) e a Confagri — Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas (Portugal), enviou uma carta dirigida ao comissário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Janusz Wojciechowski. Nessa carta, as quatro organizações expõem a situação grave que o setor atravessa desde há um ano, face à pandemia, que “levaram a uma descida no consumo mundial de vinho e, consequentemente, uma caída de exportações tanto em volume como no preço”.

banner APP [3]
 

A cooperativa espanhola explica que os stocks de vinho na Europeia estão elevados e que “dentro de 5 a 6 meses começará uma nova colheita, por isso é necessário permitir um orçamento extraordinário equivalente ao orçamento anual do programa de apoio ao setor vitivinícola”. Desta forma, cada estado-membro pode “implementar medidas urgentes que satisfaçam as suas reais necessidades e melhorem a situação do mercado, trabalhando em medidas destinadas a promover e incentivar a procura de forma a alcançar a competitividade do setor”.

Para as cooperativas, apesar da flexibilização das medidas de aplicação do programa de apoio ao setor, [4] as medidas “são, neste momento, totalmente insuficientes”. Na carta, elas recordam que, este ano, o orçamento foi reduzido em 3,9% nos diferentes Estados-membros para a gestão do programa de apoio.