Agricultura

Cortiça também pode ser usada…na cosmética

Cortiça também pode ser usada…na cosmética

Depois de 245 anos a produzir sandálias com sola de cortiça, a marca alemã Birkenstock vai passar a usar esta matéria prima em produtos de cosmética.

A novidade foi revelada pela marca esta semana, com o lançamento de uma linha de cuidados de cosmética, sob a marca Birkenstock Natural Care, que inclui produtos como cremes anti idade e champô revitalizante, todos à base de cortiça, matéria prima que de acordo com a marca alemã atenua a vermelhidão da pele e aumenta a produção de colagénio na pele.

David Kahan, CEO da Birkenstock América, explica à publicação Fast Company que “este lançamento faz parte de uma estratégia mais alargada para transformar a Birkenstock numa marca de bem-estar. Temos uma marca que é consistente com os valores de saúde, bem-estar e tudo o que é natural. Claro que há extensões dessa identidade que são lógicas”.

“Já somos um dos maiores consumidores de cortiça do mundo e agora estamos a começar a aprender sobre as propriedades curativas da cortiça”, diz ainda o CEO da marca que em 2017 começou a estudar os benefícios da utilização desta matéria prima na cosmética.

Para já, a linha de cosmética à base de cortiça da Birkenstock só está à venda em algumas lojas selecionadas dos EUA, mas em outubro chega ao site da marca.