Agricultura

Cova da Beira tem 3,5 M€ para projetos agrícolas

Águeda cria gabinete para impulsionar investimento na agricultura

A RUDE, entidade gestora do programa Cova da Beira 2020, revelou esta semana que recebeu 18 candidaturas de investimento para a diversificação de atividades nas explorações agrícolas da região e cujo investimento total ronda os 3,5 milhões de euros.

“A esmagadora maioria dos projetos apresentados incidem na criação ou ampliação de empreendimentos turísticos no espaço rural, que no seu conjunto representam um acréscimo de 101 unidades de alojamento à oferta da região”, refere a nota de imprensa enviada pela associação.

Os projetos em causa deverão criar 28 novos postos de trabalho na região da Cova da Beira, sobretudo no concelho do Fundão, onde incidem 12 dos 18 projetos apresentados.

De acordo com a RUDE, “visto pela perspetiva do desenvolvimento rural, o turismo no espaço rural é uma das atividades melhor colocadas para assegurar a revitalização do tecido económico rural, sendo não só um fator de diversificação das atividades agrícolas, mas sobretudo um fator de pluriatividade, através da dinamização de um conjunto de outras atividades económicas que dele são tributárias e que com ele interagem”.