Agricultura

Crianças que nascem em zonas rurais têm sistemas imunitários mais fortes

Crianças que nascem em zonas rurais têm sistemas imunitários mais fortes

As crianças que nascem em zonas rurais têm sistemas imunitários mais fortes do que as crianças que nascem em zonas urbanas, revela um estudo publicado na revista científica Frontiers of Immunology.

Para chegar a esta conclusão, os investigadores analisaram a matéria fecal de bebés de zonas rurais e de bebés de zonas urbanas para tentar determinar qual dos grupos tinha o melhor sistema imunitário, descobrindo que as crianças das zonas rurais têm bactérias na sua microbiota intestinal que estimulam o desenvolvimento do sistema imunitário.

As crianças analisadas no âmbito deste estudo viviam em zonas rurais, em quintas com bovinos, cavalos e ovinos e com animais de companhia. Por outro lado, as crianças de zonas urbanas viviam em lares com animais de companhia, mas onde não tinham qualquer contacto com animais de produção.

De acordo com os resultados do estudo, as crianças de zonas rurais apresentaram amostras de matéria fecal “mais ricas e diversas” em bactérias. Zhongtang Yu, um dos investigadores envolvido no estudo, sublinha que “ao viverem em quintas com animais, as crianças estão mais expostas a diferentes fontes de bactérias do que as crianças de zonas urbanas”.

Conheça o estudo em detalhe aqui.