Quantcast
Agricultura

Divisão de Agricultura e Pescas das Caldas da Rainha não vai encerrar

aplicação de fitofarmacêuticos

A Divisão de Investimento de Agricultura e Pesca (DIAP) das Caldas da Rainha não vai encerrar, contrariando a notícia que publicámos no passado dia 31 de janeiro.

Em declarações à revista Vida Rural, Elizete Jardim, diretora Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, esclareceu que “esta divisão fazia habitualmente as análises de investimento de Agricultura e Pescas [PDR2020 e Mar 2020] mas, por questões de racionalização de recursos, as análises da área agrícola passaram a ser feitas em Santarém, ficando a divisão das Caldas da Rainha com a área das Pescas”. A diretora regional recorda ainda que todos estes processos decorrem em plataformas eletrónicas, sem necessidade de deslocação dos agricultores aos serviços.

 banner APP

Elizete Jardim frisa que esta medida permitiu tornar a análise dos processos mais céleres e garante que não há quaisquer protestos por parte dos agricultores.