Agricultura

Eurodeputados do PSD pedem avaliação do impacto da agricultura na poluição do ar

Ministro da Agricultura mostra-se tranquilo quanto ao desfecho da nova PAC

O eurodeputado do PSD Álvaro Amaro dirigiu uma pergunta escrita à Comissão Europeia sobre a necessidade de ser realizada uma avaliação ao impacto da atividade económica na poluição atmosférica, por forma a avaliar o impacto dos diferentes setores nas emissões, particularmente os setores da agricultura e pecuária.

Segundo comunicações recentes da Organização Meteorológica Mundial e da Agência Espacial Europeia, as restrições à atividade económica devido à pandemia de Covid-19, resultaram numa redução evidente das emissões de dióxido de carbono (CO2) e metano (CH4).

Estes dados levam o deputado a afirmar que uma vez que “se a qualidade do ar melhorou na medida que tem sido informado, esta será, porventura, a hora de avaliar o verdadeiro impacto dos vários setores, com o objetivo de termos dados fidedignos com que trabalhar no futuro”.

O PSD questiona ainda a possibilidade de a Comissão Europeia reformular as propostas em discussão, como a estratégia “Do Prado ao Prato” ou “Pacto Ecológico”, que possam resultar em encargos desproporcionais para os agricultores.

Álvaro Amaro reforça ainda que “apenas a agricultura e o abastecimento das cadeias mantêm a atividade com relativa normalidade” porque não podem parar, sendo assim, questiona se “não fará sentido avaliar com profundidade se são estas as principais responsáveis pelas emissões de gases poluentes para atmosfera”, indicando que “se for caso disso, é natural que a Comissão queira reavaliar as propostas que estão em cima da mesa”.