Empreendedorismo Agrícola

Formação da Academia do Centro de Frutologia Compal já arrancou

A Academia do Centro de Frutologia Compal reuniu esta semana pela primeira vez os seus 12 novos formandos para o arranque da formação da 4ª edição da iniciativa.

“Com a constante preocupação de manter a Academia como uma formação de referência a nível nacional, este ano o programa vê aumentar o número de horas de formação e inclui sessões no terreno em novas frutas, como a Framboesa e a Romã”, explicam os responsáveis pelo projeto.

As sessões vão percorrer o país num total de 65 horas de formação, até ao próximo mês de julho, e incluirão a abordagem de temas como fruticultura, inovação e criação de negócios, gestão agrícola, associativismo, marketing, tecnologia e sustentabilidade. A aposta na formação inclui ainda visitas a explorações agrícolas de referência como a Frutus, a Quinta d’Alens, a Fruteco e a fábrica Compal, assim como sessões no terreno com Organizações de Produtores, como a Associação de Fruticultores de Armamar (AFA), a Associação dos Produtores Agrícolas da Sobrena (APAS), a Cooperativa Agrícola de Citricultores do Algarve (CACIAL), a Cooperativa Agrícola dos Fruticultores do Cadaval (COOPVAL) e a Madre Fruta.

Terminado o período de formação, os empreendedores frutícolas submetem os seus projetos de negócio à avaliação do júri e os três melhores receberão uma bolsa de 20 mil euros cada.