Agricultura

Governo açoriano quer atrair jovens para a agricultura

Governo açoriano quer atrair jovens para a agricultura

Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional dos Açores, anunciou na passada sexta-feira (30 de novembro) a criação do programa Jovem Agricultor, uma iniciativa para incentivar a entrada dos jovens na agricultura com acesso a benefícios na instalação.

De acordo com a notícia avançada pela Lusa, Vasco Cordeiro afirmou que existe na região o desafio permanente de se ter uma agricultura “renovada, competitiva e propiciadora de rendimento”.

“Nos Açores, os ativos humanos do setor agrícola apresentam uma média de idades inferior à média nacional e europeia. De facto, a média de idades, na região, é inferior a 55 anos, enquanto que a nível nacional é de 65 anos, situação que importa manter e reforçar. Assim, e independentemente de já existirem incentivos para o efeito, é de grande importância intensificar esforços para encorajar a renovação geracional no seio do setor”, defendeu o presidente do Governo dos Açores.

Para além deste programa, o Executivo açoriano está também a preparar um apoio à cessação da atividade agrícola, que procurará criar condições “para uma retirada condigna do setor dos agricultores de idade mais avançada. Por forma a tornar esta medida mais atrativa, será considerada uma redução na idade dos 60 para os 58 anos, em relação ao atual regime”.

A proposta de Orçamento dos Açores para 2019 prevê um valor global de 1604 milhões de euros.