- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Governo e agricultores estudam incentivos à contratação de jovens

O Governo e os agentes do setor agrícola nacional estão a trabalhar em conjunto para encontrar uma forma de incentivar os jovens portugueses a trabalhar na agricultura em períodos de férias. De acordo com o jornal Expresso, em cima da mesa poderá estar uma alteração ao Código do Trabalho, ao Código Contributivo e ao Código do IRS, para que seja legal ter jovens a trabalhar em explorações agrícolas.

De acordo com a agência Lusa, a criação de incentivos para atrair jovens e estudantes para as explorações agrícolas em alturas de férias é bem vista pela AJAP, a associação representante dos jovens agricultores, até porque na altura do verão existem diversas explorações que necessitam de muita mão-de-obra.

Citado pela agência noticiosa portuguesa, Firmino Cordeiro, diretor-geral da associação, dá como exemplo “todas as áreas das hortícolas do Ribatejo e Oeste, também a mancha do Alqueva. Zonas pontuais do Litoral, Póvoa de Varzim e toda a mancha até Aveiro (…). Os frutos vermelhos, que exigem muita mão-de-obra e onde se investiu bastante nos últimos anos, a apanha dos kiwis”.

banner APP [1]

Ora segundo o Expresso, o Executivo poderá estar a preparar isenções de IRC para empresas agrícolas que contratem jovens e isenções de IRS para os jovens que queiram trabalhar na agricultura nas férias, sem para que para isso haja um agravamento de impostos para os seus pais.

E apesar de ainda não ter existido confirmação por parte do Ministério da Agricultura, o diretor-geral da AJAP sublinha que “se isso surgir, reconheço que haja empresários interessados em que esta gente possa ser uma mais-valia para as explorações”.