Agricultura

Governo vai identificar necessidades dos agricultores em equipamentos para captação e armazenamento de água

Os agricultores nacionais têm até ao próximo dia 15 de maio para preencher um formulário onde identificam necessidades de investimento relacionadas com equipamentos de captação, transporte e armazenamento de água e para abeberamento de gado. De acordo com o jornal Público, o Governo está a fazer o levantamento das necessidades, mas diz que é “prematuro” falar já em concessão de apoios.

A medida é uma resposta às “condições climatéricas verificadas em Portugal continental e a provável evolução para uma situação de seca agrometeorológica e hidrológica”, diz a informação divulgada pelo Ministério da Agricultura.

Para avaliar estas necessidades, o ministério “disponibilizou, através das direções regionais de Agricultura e Pescas (DRAP), um formulário de identificação de necessidades, a preencher pelos agricultores” até dia 15 de maio. Depois disso, as direções regionais têm entre os dias 15 e 30 de cada mês de disponibilizar informação sobre a evolução da situação de seca nas respetivas regiões. A informação deverá “caracterizar a atual situação e a evolução dos recursos hídricos privados, das pastagens e forragens, culturas permanentes e temporárias”, explica o Ministério da Agricultura.

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, já veio dizer que 2019 está a ser “anormalmente seco e quente”, sublinhando que ainda é possível “garantir a normalidade do ano agrícola” na maior parte do país.