Quantcast
Agricultura

Mercadona e CAP querem dinamizar a produção nacional 

A Mercadona e a CAP assinaram um protocolo de colaboração com o objetivo de dinamizar a produção nacional portuguesa.

A Mercadona e a CAP assinaram um protocolo de colaboração com o objetivo de dinamizar a produção nacional portuguesa. Em concreto, pretendem desenvolver um projeto comum, fruto do desenvolvimento da Cadeia Agroalimentar Sustentável da Mercadona, baseado na estabilidade, produtividade e diálogo, com o objetivo de promover o crescimento partilhado e sustentável.

Em comunicado, as duas entidades revelam ainda que o acordo engloba a realização de jornadas, seminários, encontros e outros eventos. Para o secretário-geral da CAP, Luís Mira, “a Mercadona é uma entidade que valoriza, de forma séria e consistente, a produção nacional, estabelecendo relações de estabilidade e previsibilidade com os agentes económicos do setor privado, isto é, com os produtores. Esta forma de relacionamento, com respeito, equilíbrio, e com vincadas preocupações de sustentabilidade, tem aceitação por parte da CAP e reconhecimento neste protocolo”.

banner APP

Já o diretor de relação com o setor primário da Mercadona Portugal, Pedro Barraco, refere que: “Esta colaboração é de extrema importância para nós, pois o conhecimento da CAP sobre o Setor Primário permitirá à Mercadona continuar com o trabalho, já em curso na empresa desde há vários anos, de impulsionar o seu projeto de Cadeia Agroalimentar Sustentável”.

No ano passado, a Mercadona comprou produtos no valor de 208 milhões de euros a 300 fornecedores comerciais nacionais, representando um aumento superior a 65%, relativamente a 2019.