Vinha e vinho

Ministra da Agricultura aprova apoio excecional de 15 milhões para setor dos vinhos

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes Albuquerque aprovou um pacote de medidas excecionais para apoio ao setor dos vinhos, no valor de 15 milhões de euros.

Os apoios destinam-se à destilação de vinhos com Denominação de Origem ou Indicação Geográfica e ao apoio ao armazenamento de vinho em situação de crise.

As medidas estão integradas no Programa Nacional de Apoio relativo ao Exercício Financeiro FEAGA de 2020, com uma dotação orçamental de 10 milhões de euros para a destilação de vinho, num total de 100 000 hectolitros de vinho com Denominação de Origem e de 200 000 hectolitros de vinho de Indicação Geográfica.

Por sua vez, o apoio ao armazenamento, contará com uma dotação orçamental de 5 milhões de euros. No caso dos destiladores, os pedidos de pagamento devem ser apresentados até 13 de setembro, enquanto no caso do armazenamento os pedidos podem ser apresentados até 30 de setembro.

Maria do Céu Albuquerque comunicou ainda um reforço do Regime de Apoio à Reestruturação e Reconversão da Vinha (VITIS) no valor de 23,5 milhões euros, que passa para os 73,5 milhões de euros.

A ministra da Agricultura reiterou ainda que está a ser analisada, no quadro de competências do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, uma medida que permita a criação da reserva qualitativa do Vinho do Porto e que esta será anunciada em breve.