Apoios Comunitários

Ministros europeus ainda a decidir como vão repartir ajudas pelos países europeus

Já começou o Conselho informal de Ministros da Agricultura dos Estados-Membros que irá decidir de que forma serão repartidos os 500 milhões de euros anunciados pela Comissão Europeia na passada semana para ajudar os produtores europeus afetados pelo embargo russo e pelo fim das quotas leiteiras.

A Comissão Europeia pretende repartir estes fundos em função das entregas de leite da campanha anterior, mas alguns países defendem que a melhor opção será repartir as ajudas em função de como cada um foi impactado pela crise no setor.

Para quantificar esse impacto, alguns países propõem que se considerem os países que mais recorreram às medidas existentes no mercado, partindo do princípio que foram esses os que mais sofreram com a crise.

Para além disso, a Comissão Europeia já fez saber que pretende dar aos Estados-membros flexibilidade para que distribuam as ajudas, decidindo se pretendem concentrar todas as ajudas no setor leiteiro ou se pretendem repartir as ajudas por outros setores afetados.