Hortofrutícolas

Pera rocha é o “hortofrutícola com maior saldo positivo na balança comercial”

A Associação Nacional dos Produtores de Pera Rocha promoveu recentemente, no Cadaval, a 19ª Cerimónia da Pera Rocha, uma iniciativa que mais uma vez colocou em destaque a fileira da pera e o setor hortofrutícola nacional.

Para além de diversas figuras do setor marcaram presença no evento o ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que aproveitou a ocasião para destacar o papel da agricultura na criação de riqueza para o país. “Estar convosco aqui é estar com quem está, todos os dias, a criar riqueza para Portugal”, referiu.

O Presidente da República lembrou ainda que a pera rocha é “o produto hortofrutícola com maior saldo positivo na balança comercial, vendido em mais de 20 países” e aludiu aos 5000 produtores associados da ANP, com uma área de produção de mais de 10 mil hectares, “gerando milhares de postos de trabalho, diretos e indiretos”.

Durante a iniciativa houve ainda tempo para distinguir “os melhores produtores, os maiores exportadores, os melhores técnicos e personalidades de destaque do setor”. Isabel Patrocínio foi a primeira galardoada da noite, pelo trabalho desenvolvido, desde 1973, no setor das frutas, legumes e flores, ao serviço da hoje designada AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal.

Já Emídio Martins, emigrante no Brasil oriundo de Bragança, foi distinguido pelo “mérito, visão e empenho na afirmação da pera portuguesa num mercado tão importante como o brasileiro”, Pedro Nuno Silva foi reconhecido “por ter dedicado muito da sua vida à fileira da pera rocha”, em particular ocupando cargos de dirigente em organizações como a Cooperativa Agrícola dos Fruticultores do Cadaval e a ANP.

Destaque ainda para os prémios ‘Melhor Exportador’, um galardão que distingue “os associados da ANP que, com o seu esforço e empenho, fazem desta fruta a quinta mais vendida do mundo, chegando a 25 países”. Na campanha de 2015/2016 os vencedores foram: em primeiro lugar a Coopval, em segundo lugar a TriPortugal, e em terceiro lugar a Lusopera.