- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Suinicultura vai ter Centro Tecnológico de I&D em 2021

A fileira da suinicultura vai lançar um Centro Tecnológico de Investigação e Desenvolvimento, no campus da Quinta do Bonito. A iniciativa, que resulta de uma parceria entre a Federação Portuguesa das Associações de Suinicultores (FPAS), o Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarém) e a Escola Superior Agrária de Santarém, visa promover a investigação e experimentação nas áreas do ambiente, bem-estar animal, alimentação, genética e maneio. O arranque está previsto para o próximo ano.

O presidente do Agrupamento De Produtores De Suínos (Aligrupo), Vitor Menino, defende que, apesar de “muitas explorações já desenvolvem parcerias com universidades e centros tecnológicos em projetos de inovação” o novo centro tecnológico “vai permitir agregar informação dispersa e gerar sinergias entre as empresas e as universidades”.

Paralelamente, a FPAS estabeleceu um protocolo com a Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa para colaboração “no plano técnico e científico, na formação e na divulgação de boas práticas, no intercâmbio de dados e informação e, ainda, na partilha de recursos que se destinam a apoiar cada uma das instituições”, lê-se em comunicado.

[1]

A federação estabeleceu também protocolos com o Instituto Superior de Agronomia, a Universidade de Évora e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, por forma a introduzir medidas “que tornem as explorações suinícolas mais sustentáveis do ponto de vista ambiental”, acrescenta.

O novo centro tecnológico e os protocolos já em curso refletem a aposta do setor da suinicultura em projetos de Investigação e Desenvolvimento nos domínios da alimentação animal, bem-estar animal, genética, melhoramento e preservação de raças autóctones, construções e equipamentos.