Quantcast
Eventos

TAGUS oferece esclarecimentos sobre os apoios para a agricultura

TAGUS pequenos investimentos na agricultura Vida Rural

A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior vai realizar três sessões de esclarecimento sobre as operações ‘Pequenos Investimentos na Exploração Agrícola e na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas’. As sessões decorrem nos dias 4, 5 e 8 de julho.

A primeira sessão decorre no pequeno Auditório do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal, e contará com a presença do presidente do Município e do atual presidente da TAGUS, Miguel Borges.

Já no dia 5 de julho, os esclarecimentos serão dados no auditório do Tecnopolo do Vale do Tejo, em Abrantes, com a participação da Presidente da Câmara do concelho, Maria do Céu Albuquerque. A sessão de sexta-feira, dia 8 de julho, terá lugar no Centro Ciência Viva, de Constância, e contará com a autarca constanciense, Júlia Amorim.

banner APP VR Mobile

De acordo com a TAGUS, estas iniciativas têm como objetivo “esclarecer a população sobre estas operações, cujas candidaturas irão abrir em julho para apoiar projetos a implementar em Abrantes, Constância ou Sardoal, no âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária Rural (DLBC Rural), do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR2020) e através do Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER).”

“A TAGUS dispõe neste aviso de 280 mil euros, na operação 10.2.1.1 ‘Pequenos Investimentos na Exploração Agrícola’, para candidaturas que promovam a melhoria das condições de vida, de trabalho e de produção dos agricultores ou que contribuam para o processo de modernização e de capacitação das empresas do sector agrícola, apoiando esses projetos em 50% das despesas elegíveis para pedidos de apoio até aos 40 mil euros. Já para a operação 10.2.1.2 ‘Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas’ a dotação orçamental total é cerca de 375 mil euros, para projetos que contribuam para o processo de modernização e capacitação de empresas desta área. O apoio vai até aos 45% para pedidos até aos 200 mil euros”, refere a associação.