Financiamento

UE tem 120 M€ para apoiar apicultores

UE tem 120 M€ para apoiar apicultores

A Comissão Europeia vai disponibilizar cerca de 120 milhões de euros, até 2022, para apoiar o setor da apicultura.

De acordo com Phil Hogan, comissário europeu da Agricultura, “a apicultura é uma parte importante do setor agroalimentar da UE, ajudando a manter empregos nas áreas rurais. As abelhas também são de vital importância para a sustentabilidade da nossa agricultura e para ecossistemas saudáveis”.

O responsável pela pasta da Agricultura na União Europeia congratulou-se ainda pelo facto de a “Política Agrícola Comum, trabalhando em sinergia com outros fundos europeus e nacionais importantes, estar agora a fornecer instrumentos mais fortes para apoiar o sector”.

Este apoio da União Europeia será aplicado aos programas apícolas nacionais de cada Estado-Membro que arrancam já a 1 de agosto e que estarão em vigor até 31 de julho de 2022.

Estes programas são concebidos a nível nacional e incluem, por exemplo, medidas como a formação dos apicultores, o apoio para iniciar um negócio apícola, a luta contra pragas que causam danos às colmeias e investigação para melhorar a qualidade do mel.

No final de 2018, a União Europeia tinha cerca de 17, 5 milhões de colmeias divididas por mais de 600 000 apicultores, cerca de 10 mil dos quais em Portugal.