Quantcast
sustentabilidade

Controlo de pragas: Plantas espontâneas “atraem” predadores

Controlo de pragas
Uma investigação recentemente desenvolvida pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do estado brasileiro de Minas Gerais (Epamig), realizou ensaios para analisar os efeitos de plantas espontâneas no controlo biológico de pragas. Os testes foram realizados no Campo Experimental Vale do Piranga em propriedades de produtores de pimenta na Zona da Mata Mineira, no Brasil.   A ideia inicial da instituição foi utilizar espécies espontâneas como serralha, mentrasto e picão-preto em redor e nas entrelinhas de campos de pimenta e hortícolas, culturas…

Pedimos desculpa, mas não tem permissão para visualizar este artigo

É necessário iniciar sessão para ter acesso ao artigo completo

Inicie sessão .