- Vida Rural - https://www.vidarural.pt -

Faturação da Ervideira cresce 11% no primeiro semestre do ano

A Ervideira [1] anunciou que a sua faturação total, no primeiro semestre de 2021, cresceu 11% face a 2020. No entanto, o valor é ainda 26% abaixo de 2019. Em 2020, a empresa registou uma redução de 32% na faturação.

Em comunicado, a empresa vinícola explica que, para tal, contribuído o crescimento no mercado português, bem como nos mercados externos. “No entanto, o período de encerramento do Turismo e Canal HORECA, e as regras de limitação nestes dois setores, acabaram por limitar o nível dos resultados obtidos na primeira metade do ano”, explica a Ervideira [2].

A Ervideira informa ainda que investiu, nos últimos seis meses, mais de meio milhão de euros em novas vinhas, rega, maquinaria agrícola e energias alternativas verdes.

banner APP [3]

Quanto à área do enoturismo, que no caso da Ervideira está representada através das quatro Ervideira Wine Shop localizadas em Monsaraz, Évora e Lisboa, e Lounge (na Adega), a faturação está 49% abaixo em relação a 2019. O enoturismo na Ervideira representava em 2019 mais de 20% da faturação total e a empresa estima que exista uma recuperação apenas em 2022/23.

“Temos motivos para esboçar alguns sorrisos, pois 2020 foi o ano mais difícil da nossa história recente, mas através de uma gestão muito apertada, conseguimos fechar relativamente bem o ano. Já o ano de 2021 estamos a seguir os passos anteriores e estamos a recuperar vendas”, afirma Duarte Leal da Costa, Diretor Executivo da Ervideira.