Financiamento

Portugal já é o terceiro melhor país na execução do PDR 2020

Portugal já é o terceiro melhor país na execução do PDR 2020

Em Portugal, a taxa de execução do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020) chega já aos 41%. O valor foi avançado pelo ministro da Agricultura, Capoulas Santos, que indicou ainda que o país é já o terceiro Estado-Membro da União Europeia com os melhores resultados de execução.

“Em três anos de execução do programa, Portugal é o terceiro Estado-membro da União Europeia com melhores resultados na aplicação do Programa de Desenvolvimento Rural. Ao mesmo tempo que batemos o recorde de propostas pois em três anos recebemos 48 243 candidaturas, quando o anterior programa, o PRODER, teve 41 500 candidaturas em sete anos”, revelou Capoulas Santos.

O PDR 2020 tem uma dotação orçamental global de cerca de 4 mil milhões de euros que deverão ser distribuídos até 2020. Das candidaturas já recebidas, estão assinados contratos para um total 16 092, num total de 1800 milhões de euros.

Até ao final de 2018, deverão ser apresentadas novas candidaturas de agricultores para receberem apoio para projetos de investimento num total de 250 mil euros. De acordo com Capoulas Santos, estima-se que, nestes concursos, sejam atribuídos 110 milhões de euros para apoios em projetos agrícolas, 90 milhões em medidas florestais e 50 milhões em projetos de regadio.