Agricultura

Agricultura ocupa 40% da superfície terrestre

Agricultura ocupa 40% da superfície terrestre

A agricultura ocupa cerca de 40% da superfície terrestre do planeta, um valor que deverá manter-se estável ao longo dos próximos anos, de acordo com um relatório conjunto da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) e da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). O estudo revela, também, que o aumento de terras cultivas está a ser compensado por uma diminuição das pastagens, que atualmente correspondem a cerca de 70% dos terrenos ocupados pelo setor agrícola.

O documento explica que esta evolução irá variar por regiões, com os países da América Latina e do Caribe na dianteira como aquelas onde o aumento de terras cultivadas e pastagens será maior. Já em África, apesar da disponibilidade de grandes extensões de terrenos, as áreas de culturas agrícolas não deverão aumentar, sobretudo, devido aos conflitos existentes na região e à degradação dos solos causada pela crise climática e pelas atividades de mineração.

Nas regiões mais desenvolvidas da Europa e da América do Norte, por outro lado, o crescimento de terrenos agrícolas será mais pequeno, sobretudo, devido às políticas ambientais que “limitam as possibilidades de expansão”, avança o estudo.