Quantcast
Pecuária

Projeto para reduzir resistência antimicrobiana na pecuária

Monte do Pasto divulga melhores métodos de higienização de instalações e bovinos

O consórcio DISARM – Disseminating Innovative Solutions for the Management of Antibiotic Resistance apresentou um projeto para apoiar a implementação prática, em explorações agrícolas, de soluções para reduzir a resistência antimicrobiana, através de uma redução no uso de antibióticos na pecuária, juntando veterinários e agricultores.

Lançado em janeiro de 2019 e financiado pela União Europeia, através do programa Horizon 2020, o projeto baseia-se no conceito de que esta redução requer um plano de saúde específico, que deverá ser estabelecido por uma “equipa de saúde dos animais de criação” composta pelo agricultor, o veterinário, um conselheiro alimentar e um formador, para ajudar os agricultores na implementação de um plano de melhoria economicamente sustentável”.

A iniciativa consiste, assim, na prevenção de doenças, através de vacinas e probióticos, e na utilização prudente destes medicamentos, para além de práticas de gestão inovadoras, incluindo a melhoria da biossegurança.

O projeto será testado em 40 explorações agrícolas em 8 países e setores diferentes, desde suínos a aves de capoeira, vacas e ovinos leiteiros. O teste DISARM consistirá na análise da gestão pecuária, determinação de diagnósticos, desenvolvimento de um plano de saúde agrícola, bem como a sua implementação, revisão intercalar e avaliação final.

Os estudos de casos bem-sucedidos serão, posteriormente, disponibilizados aos agricultores.

Além disso, o projeto visa, ainda, a criação de uma comunidade aberta a todos os que pretendam registar-se, incluindo agricultores, veterinários e também fabricantes de alimentos para animais, para incentivar a troca de conhecimentos e o debate de experiências práticas, resultados de investigação e soluções inovadoras.