Financiamento

Governo disponibiliza apoios aos agricultores algarvios

Governo disponibiliza apoios aos agricultores algarvios

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, esteve esta segunda-feira (5 de março) no Algarve para analisar o estado das explorações agrícolas da região depois do tornado que deixou centenas de pessoas desalojadas.

O levantamento dos prejuízos sofridos pelos agricultores ainda está a ser feito, mas o Governo já revelou que irá disponibilizar apoios para os agricultores afetados. De acordo com Luís Medeiros Vieira, “todos os prejuízos declarados até 5000 euros terão um apoio de 100% a fundo perdido, de 5000 a 50 mil euros terão apoio a 85% a fundo perdido e acima dos 50 mil e até aos 400 mil terão um apoio de 50% a fundo perdido”.

Estes apoios serão cumulativos, o que significa que uma uma exploração que tenha prejuízos de 400 mil euros receberá nos primeiros 5000 a 100%, até aos 50 mil a 85% e dos 50 000 para os 400 mil a 50% a fundo perdido.

“Trata-se de uma ajuda generosa que certamente não compensará na totalidade o prejuízo que o agricultor teve, mas trata-se mesmo assim de um apoio extremamente importante para permitir que o agricultor, uma vez que viu danificado o potencial da sua produção, possa recomeçar a sua produção”, defendeu o secretário de Estado.

Este fim de semana um tornado passou pela região do Algarve, nomeadamente por Faro, Olhão, Castro Marim, Tavira e Vila Real de Santo António e deixou centenas de pessoas desalojadas. Segundo o secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, estão já sinalizadas, pelo menos, 15 explorações agrícolas que sofreram danos devido ao tornado, como “pomares arrancados e destruição de equipamentos e instalações”, revelou o secretário de Estado.