Pecuária

Clube de Produtores Continente vai certificar produção nacional de carne em regime extensivo

Clube de Produtores Continente vai certificar produção nacional de carne em regime extensivo

O Clube de Produtores Continente e a Zero – Associação Sistema Terrestre Sustentável assinaram um protocolo que tem como objetivo promover boas práticas de sustentabilidade na produção e consumo de carne. Em conjunto, as organizações vão passar a certificar a produção nacional de carne em regime de extensivo.

De acordo com a Sonae MC, este projeto pretende “construir um modelo de certificação de qualidade, baseado na adoção de boas práticas de sustentabilidade e eficiência no uso dos recursos por parte dos produtores, bem como promover a transparência relativa à origem e qualidade da carne, contribuindo ainda para um terceiro objetivo: a preservação das raças autóctones de bovinos, ovinos e caprinos criadas em regime extensivo.”

O projeto terá uma duração de dois anos e prevê a realização de várias ações de sensibilização dos consumidores para uma procura de produtos alimentares progressivamente mais amigos do ambiente e da saúde, promovendo igualmente o bem-estar animal.

“Esta parceria está em total sintonia com o conjunto alargado de vai ao encontro ao 12.º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas: garantir uma produção e consumo sustentáveis”, acrescenta ainda a Sonae MC.