Quantcast
Agricultura

Comissão Europeia certifica “Cereja do Fundão” como IGP

Cereja do Fundão chega ao mercado

A “Cereja do Fundão” é, a partir de hoje, um produto com Indicação Geográfica Protegida (IGP). A informação foi avançada pela própria Comissão Europeia, que aprovou o aditamento de uma nova indicação geográfica de Portugal no Registo de IGP da União Europeia.

A área geográfica de produção da “Cereja do Fundão” é restrita ao concelho do Fundão, freguesias de Louriçal do Campo e Lardosa (concelho de Castelo Branco) e às freguesias de Ferro e Peraboa (concelho da Covilhã).

Em nota de imprensa, a Comissão Europeia relembrou ainda que a produção de cereja nesta região impulsionou “fortemente a economia local, tendo duplicado o valor gerado no espaço de uma década e proporcionando 1500 postos de trabalho”.

A presença desta cultura na região está documentada desde há séculos, mantendo-se até aos dias de hoje. A “Cereja do Fundão” irá, agora, juntar-se aos mais de 1 470 produtos alimentares já protegidos.