Regadio

Governo prepara novo plano para o regadio

Ligação entre barragens nos planos do Governo

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou este domingo que o Governo está a preparar o lançamento de um novo plano de regadio para a agricultura nacional, projeto que estará integrado no  Plano Juncker, programa de financiamento que conta com cerca de 315 mil milhões de euros para distribuir pelos países da UE.

O anúncio do projeto foi feito no discurso de encerramento do Congresso do Partido Socialista, que decorreu este fim-de-semana, e de acordo com António Costa,  deverá abranger uma área de cerca de 90 mil hectares, replicando o projeto de Alqueva.

Segundo o Expresso, o Ministério da Agricultura, das Florestas e do Desenvolvimento Rural (MAFDR) já concluiu a candidatura para conseguir financiamento, mas está ainda em “negociações” para receber cerca de 220 milhões de euros para a expansão do projeto de regadio de Alqueva, em mais 45 mil hectares, e cerca de 250 milhões para requalificar “a rede de regadios espalhada pelo território nacional”, num total de 476 milhões de euros.

A ser aprovado, este será “o primeiro grande projeto de infraestruturas e inovação português a garantir o apoio do Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos, mais conhecido por Plano Juncker”, revela o Expresso.

O projeto do Governo pretende não só aumentar a área de regadio do país, mas também apostar na reabilitação e modernização dos perímetros de rega degradados.