Cereais

Produtores de arroz dizem que campanha de 2018 está assegurada

Produtores de arroz dizem que campanha de 2018 está assegurada

A chuva das últimas semanas veio tranquilizar os produtores de arroz portugueses, que estão confiantes de que, apesar da seca dos últimos meses, a produção de 2018 está assegurada. De acordo com a Lusa, a Associação de Orizicultores de Portugal (AOP) refere que neste momento, a região de Alcácer do Sul, responsável pela maioria da produção de arroz nacional, “tem até mais disponibilidade de água do que na campanha do ano passado”.

Há um mês, a seca era uma questão grave, mas neste momento, posso dizer-vos que a situação pior, que era na região do Vale do Sado, na região de Alcácer do Sal, tem atualmente água para a campanha deste ano (…). Tem até mais disponibilidade de água do que na campanha do ano passado”, defende o Presidente da AOP, Joaquim Cabeça.

Mas apesar de estarem mais confiantes, os produtores de arroz defendem que é preciso adotar “medidas de curto e médio prazo para evitar a repetição de situações de falta de água semelhantes às do ano passado”.

Campanha de promoção do arroz nacional arranca ainda este ano

Ainda este ano arranca uma campanha europeia de promoção do arroz português da responsabilidade da Casa do Arroz – Associação Interpessoal do Arroz. Pedro Monteiro, presidente da Casa do Arroz, revelou à Lusa que “a ideia é falarmos ao consumidor europeu que existe um produto que é produzido na Europa e que o consumidor europeu desconhece, que como muitos portugueses desconhece que a Europa produz arroz de alta qualidade”.

“A Europa está a ficar com stocks excedentários de arroz, principalmente no caso de Itália, devido às importações de arroz dos países menos avançados”, sublinhou ainda o responsável, que acredita que seria importante criar “uma cláusula de salvaguarda da importação desse arroz”, uma vez que sem ela, as importações de arroz continuam a aumentar.