Medronho

Primeiro medronhal de produção certificado do mundo é português

medronhos_arvore

Uma exploração florestal do concelho de Penacova será esta semana apresentada como “o primeiro medronhal de produção certificado do mundo”. A notícia é avançada pelo Diário de Notícias, que refere que se trata de uma exploração com 20 hectares que começa já no próximo outono a produzir medronho destinado ao mercado de frutos frescos.

A ideia partiu do biólogo, docente da Universidade de Aveiro e presidente da Cooperativa Portuguesa de Medronho, Carlos Fonseca, que em 2013 criou a Medronhalva, empresa que tem como atividade principal a “cultura do medronheiro, tendo em vista a sua valorização económica, social, ecológica e cultural”, refere o DN.

De acordo com o produtor, a sua produção “é pautada por elevados patamares de exigência e rigor sob o ponto de vista da sua sustentabilidade ambiental, económica e social” e será agora “o primeiro medronhal do mundo para produção de fruto a obter um certificado florestal”.

Com esta certificação, que foi conseguida graças a uma associação com o grupo Unifloresta, Carlos Fonseca pretende “promover a floresta e potenciar o seu uso múltiplo”, assumindo um compromisso “com uma gestão florestal responsável”.

Leia uma reportagem recentemente publicada  pela VIDA RURAL sobre esta cultura.