Quantcast
Vinha e Vinho

Vinhos do Tejo preveem crescimento de 10% para produção vitivinícola

Vinhos do Tejo preveem crescimento de 10% para produção vitivinícola

A Comissão Vitivinícola Regional dos Vinhos do Tejo (CVR Tejo) e o Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) estimam um aumento da produção a rondar os 10%, com uma produção de 75,5 milhões de litros.

Segundo explicado em comunicado, a percentagem é também refletida nas regiões do Douro, Távora Varosa, Bairrada, Lisboa e Península de Setúbal e acima da média nacional, na ordem dos 8% e traduzida numa estimativa de produção de 7,4 milhões de hectolitros de vinho.

banner APP VR Mobile
 

Nos últimos cinco anos, entre 2018 e 2022, a média de produção foi de 65,9 milhões de litros de vinho. No ano de 2022 este valor foi de 68,6 milhões – dos quais, 83% foram dados como aptos para serem certificados. O valor está acima, em 89%, face a 2016, ano em que a percentagem rondava os 44%.

A região dos Vinhos do Tejo conta já com três semanas de vindimas. O início foi dado a 25 de julho, pelo produtor Quinta do Casal Branco. A CVR Tejo comenta que “este foi o ano mais precoce de que há memória nas últimas décadas”.