Quantcast
Tecnologia e Máquinas Agrícolas

Bosch e BASF Digital Farming criam ´joint venture´

A Bosch e a BASF Digital Farming avançaram com um acordo para a criação de uma “joint venture”, igualitária para os dois grupos, com vista à comercialização de soluções agrícolas digitais. A empresa será instalada na Colômbia, na Alemanha, no primeiro trimestre de 2021.

Enquanto a Bosch contribuirá com soluções de hardwaresoftware e serviços digitais, a BASF Digital Farming irá oferecer ferramentas para a tomada de decisões agronómicas automatizadas, em tempo real e específicas, para lidar com as ervas daninhas. “Esta ferramenta […] proporcionará aos agricultores aconselhamento personalizado sobre como produzir da maneira mais sustentável”, avança a revista Frutas Legumes e Flores.

A combinação da experiência de ambas as empresas, com soluções hardware e software de última geração, visa facilitar o acesso do agricultor a soluções digitais projetadas especificamente para os seus terrenos e culturas.

“Graças à ligação das máquinas agrícolas por meio de sensores de alta tecnologia, software inteligente e produtos digitais, podemos fazer uma agricultura de futuro, mais eficiente e, ao mesmo tempo, com mais respeito pelo meio ambiente”, refere Andrew Allen, chefe de negócios comerciais e off-road na Robert Bosch GmbH.

Por sua vez, Vincent Gros, presidente da divisão de soluções agrícolas da BASF, afirma que “ambas as empresas estão empenhadas em investir tempo e recursos em atividades conjuntas que levam ao desenvolvimento de novas tecnologias de precisão sustentável, melhorando as práticas e resultados agrícolas”.

Os dois primeiros produtos, que deverão ser lançados no mercado durante o próximo ano, serão uma versão do sistema Intelligent Planting Solution (IPS), com inteligência digital aprimorada para recomendação de sementeira e fertilizantes, bem como para pulverização inteligente. A solução Smart Spraying combina a tecnologia de sensor de câmara da Bosch e software com a plataforma de otimização da produção de safra xarvio.

“Estas práticas inovadoras de agricultura de precisão permitem uma gestão eficiente dos recursos, beneficiando os agricultores e o meio ambiente”, afirmam os dois responsáveis.