Agricultura

Jovens agricultores de Portugal e Angola celebram protocolo

Jovens agricultores de Portugal e Angola celebram protocolo

A Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP) e a Associação dos Jovens Agricultores de Angola (AJANG) firmaram um protocolo de cooperação que tem como objetivo a partilha de experiência e de formação técnico-profissional na área do desenvolvimento agrícola.

De acordo com a Agência Angola Press, durante a cerimónia de assinatura deste protocolo estiveram presentes os representantes das associações – Yudo Nunes Borges (AJANG) e Firmino Cordeiro (AJAP).

A associação angolana vê neste acordo a possibilidade de “mecanizar a produção agrícola e criar as condições para importantes trocas de experiência com os melhores agricultores de África e do Mundo, isto é produzindo dentro dos padrões internacionais, atendendo as normas de segurança ambientais e de qualidade.”

“Seremos um só, mas com tentáculos nos mais variados domínios, multifuncionais com equipas capazes de elaborar o gigantesco estudo de atividades reais dos projetos, estudos das características dos solos e subsolos e estudo para capacitar os agricultores e de apoio os futuros empreendedores”, defendeu ainda o líder da AJANG.

Já o diretor-geral da Associação dos Jovens Agricultores de Portugal, Firmino Cordeiro, acredita que esta parceria irá permitir que se desenvolva cada vez mais a agricultura e, consequentemente, que se fomente a produção agrícola com excedente que possam ajudar a minimizar a pobreza no seio da população dos dois países.

“Não queremos que esse momento fique apenas em arquivos, deve-se desenvolver um espírito e vontade profissional para o êxito da sua atuação delineada para fortalecer elementos catalisadores que assentam na diversificação económica, uma vez que agricultura é a base e a indústria é o fator decisivo”, defendeu.