Agricultura

Presidente da CAP pede segurança sanitária acrescida em explorações agrícolas

Já ouviu falar de Comunidades que Sustentam a Agricultura?

Eduardo Oliveira e Sousa, presidente da CAP, publicou um comunicado no qual alertou para a segurança sanitária dos agricultores e dos seus colaboradores. Perante o surto de Covid-19, há vários setores que vão encerrar ou privilegiar o teletrabalho, uma situação que não é possível no setor agrícola.

Assim, Eduardo Oliveira e Sousa apela a que sejam adotados determinados procedimentos como “o frequente lavar das mãos, limpeza de ferramentas, manter distâncias ou evitar agrupamentos” e que, no caso de pausas para comer, é muito importante “que tenham possibilidade de lavarem as mãos e se desinfetarem”.

Para os que lidam com mercados, é pedido “que seja exigido aos responsáveis pelas áreas de descarga e manuseamento dos produtos, cuidados extraordinários de higiene, embalamento e posterior transporte” e “que sejam reduzidas ao mínimo as pessoas em circulação nessas áreas”.

Anteriormente, o presidente da CAP já tinha alertado para a necessidade de os agricultores se posicionarem na cadeira de produção e abastecimento de produtos alimentares, para minimizar as falhas no abastecimento de produtos.