Quantcast
Tecnologia e Máquinas Agrícolas

Consórcio português quer criar pós-graduação em “Tecnologias de Agricultura de Precisão”

O consórcio Meridies, coordenado pelo Politécnico de Portalegre, quer criar uma pós-graduação em “Tecnologias de Agricultura de Precisão".

O consórcio Meridies, coordenado pelo Instituto Politécnico de Portalegre, quer criar uma pós-graduação em “Tecnologias de Agricultura de Precisão”, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência. Em nota enviada à VIDA RURAL, a organização revela ainda que o Instituto Politécnico de Setúbal, o Politécnico de Santarém, o Politécnico de Beja e a Universidade de Évora estão também envolvidos.

O objetivo é responder à procura por novos perfis de gestão agrícola no setor agroflorestal, sendo que o curso consiste em 30 créditos ECTS com estágios opcionais em companhias. Pretende-se ainda encorajar os estudantes a descobrir e explorar novos modelos de negócio, fazer crescer o seu espírito empreendedor e estimular a criação de um ecossistema que junta a ciência, a tecnologia e os negócios.

banner APP

A pós-graduação pretende alcançar candidatos nacionais e internacionais com formação presencial e à distância. O principal parceiro será o Centro Nacional de Competências para a Inovação Tecnológica do Setor AgroFlorestal – InovTechAgro, sendo que vai possuir ainda como parceiras empresas do setor agrícola e industrial para as áreas da agricultura de precisão, mecanização e digitalização.