Quantcast
Financiamento

Herdade Maria da Guarda emite obrigações

Herdade Maria da Guarda emite obrigações

A Herdade Maria da Guarda decidiu inovar, tornando-se a primeira PME exclusivamente do setor agrícola a emitir obrigações como forma de financiamento. A emissão de 2,5 milhões de euros através de private placement, junto do Millennium BCP, com data de dia 1 de março, foi emitida com desconto de 4% e juros de 1% ao ano.

De acordo com João Cortez de Lobão, proprietário da Herdade Maria da Guarda, a operação “já tem pedidos de subscrição superiores ao montante de obrigações disponível”, acrescentando que, mesmo havendo muitas solicitações, não pretendem “aumentar a emissão, que funcionará apenas como um teste ao mercado”.

O objetivo deste empréstimo obrigacionista é financiar as novas plantações de olivais e a aquisição de terras feitas no decorrer do último ano, sem ter de recorrer ao empréstimo bancário.

A empresa, atualmente, colhe e transforma cerca de 10 milhões de kg de azeitona em azeite por ano e transformou a propriedade de 700 hectares numa unidade que emprega cerca de 40 colaboradores.

“Este, de facto, é um sector que, com a mecanização e investimento, criou milhares de postos de trabalho estáveis no interior, atraindo jovens e retendo talentos” reitera João Cortez de Lobão, acrescentando que “a possibilidade de rega e o esforço da inovação demonstram que o sector em Portugal soube criar uma vaga de empresários agrícolas de referência mundial”.

De relembrar que a Herdade Maria da Guarda produz 2 milhões de kg de azeite, o equivalente a 2% da produção nacional.