Quantcast
Agricultura

Francisco Avillez lança repto ao Ministério da Agricultura sobre Projeto Tejo

O Projeto Tejo – Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos do Tejo e Oeste foi apontado como estratégico no decorrer da conferência Portugal no futuro, uma visão estratégia para a Agricultura, Alimentação e Território, que teve lugar hoje na Agroglobal.

Francisco Avillez, professor do Instituto Superior Técnico, afirmou que “o Projeto Tejo tem uma importância estratégica” para a região onde decorre o certame, em Valada do Ribatejo, e lançou um repto à ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, que estava presente na plateia “para fazer sair o concurso para se façam os estudos de interesse do Projeto e que no Plano de Recuperação Económica esta componente seja levada em consideração”.

No futuro, acrescentou, o regadio e a floresta poderão ter financiamento no âmbito do Plano de Recuperação Económica.

O professor reforçou ainda que o Plano Estratégico da PAC “vai ser a principal componente do desenvolvimento estratégico do setor agrícola nos próximos anos”. Este documento irá permitir discutir o próximo quadro comunitário da PAC em Bruxelas e garantir o acesso “aos quase nove mil milhões de euros que nos cabem”.