Agricultura

Valorfito recolhe 95 toneladas no 1.º trimestre 2020

Valorfito recupera campanha de sensibilização dos anos 70

O Valorfito – Sistema Integrado de Gestão de Embalagens e Resíduos em Agricultura –, apresentou o balanço primeiro trimestre indicando que, apesar de todas as dificuldades, foi “muito positivo”. Nos primeiros três meses do ano, foram recolhidas 95 toneladas de embalagens usadas, mais 25 toneladas do que no primeiro trimestre de 2019, o que representa um aumento de 36%.

Neste momento, a prioridade é a recolha de resíduos hospitalares, pelo que a Valorfito refere, em comunicado, que o seu esforço “adensou-se” para garantir que todas as recolhas de embalagens usadas no sector agrícola são efetuadas. Para tal, foi necessária a contratação de um operador adicional de gestão de resíduos nacionais, para que o apoio chegue a todo o sector.

“Este é o momento de, mais do que nunca, estar ao lado dos agricultores e pontos de retoma, assegurando a viabilização da produção agrícola nacional. Para o Valorfito, assegurar a recolha e tratamento dos resíduos agrícolas, protegendo o ambiente é primordial e, por isso, perante este cenário de imensa complexidade estamos no terreno, com todas as ferramentas de que dispomos, para assegurar todas as necessidades dos profissionais do sector, ao mesmo tempo que cumprimos as metas e desafios traçados para este ano”, refere António Lopes Dias, diretor-geral da Valorfito.