Vinhos

Exportações de vinhos nacionais valeram 740 M€ em 2015

A conclusão é do mais recente estudo sobre o setor vinícola publicado pela Informa D&B: as exportações de vinho nacionais cresceram 2% em 2015, alcançando um valor de 740 milhões de euros. As importações, por sua vez, mantiveram-se nos 126 milhões de euros, “o que resulta num superavit comercial do setor superior a 600 milhões.”

Os dados agora revelados mostram que, no período em análise, cerca de 65% das exportações totais em valor corresponderam a vinhos com denominação de origem, destacando-se o vinho do Porto, com uma participação sobre o total superior a 40%.

Os países da União Europeia são o destino de cerca de 55% das exportações, com a França e o Reino Unido à frente da lista de países europeus a consumirem vinho português. Em relação ao volume de produção, a campanha 2014-2015 situou-se nos 6,2 milhões de hectolitros, 0,6% menos do que na campanha anterior.

De acordo com o estudo da Informa D&B, “o número de empresas com atividade no setor manteve nos últimos anos uma tendência de alta”, alcançando as 1070 no final de 2014. O volume de emprego setorial também aumentou ligeiramente entre 2012 e 2014, passando de 8 573 para 8 827 trabalhadores.

Os operadores de pequena dimensão predominam no setor, com o número médio de colaboradores por empresa a situar-se abaixo das 10 pessoas. Só 25 empresas empregam mais de 50 trabalhadores.