Azeite

Campanha de azeite 2015-2016 cresceu 63%

azeitona

A produção nacional de azeite atingiu as 99,3 mil toneladas na campanha de 2015-2016, um crescimento de 63% face à campanha anterior e de 41% em relação à média das últimas cinco campanhas (70,2 mil toneladas).

Os dados são do Sistema de Informação sobre o Azeite e a Azeitona de Mesa (SIAZ) e dizem respeito a uma amostra de 160 lagares, que representam cerca de 90% da produção total nacional de azeite.

De acordo com o SIAZ, o crescimento na última campanha produtiva é fruto “da entrada em produção de cruzeiro de novos olivais, em regime intensivo e superintensivo de regadio e com variedades de oliveiras mais produtivas, no Alentejo”.

A quantidade de azeitona que deu entrada nos lagares aumentou significativamente e o rendimento da azeitona laborada foi superior, ultrapassando os 15%. Para além disso, na última campanha, o Alentejo passou a representar cerca de 76% da produção nacional de azeite, com outras regiões a demonstrarem também aumentos significativos de produção, com exceção da região Norte, onde o aumento foi reduzido.

No que diz respeito à distribuição da produção pelos quatro meses da campanha de laboração dos lagares (outubro – janeiro), destaque para o mês de novembro com 46% do total produzido, seguidopelo mês de dezembro (36%). A produção em janeiro foi residual (4%).