Agroquímicos

Monsanto interessada na aquisição da Syngenta

Pequenos agricultores rejeitam nova lei europeia das sementes

A Monsanto fez na passada semana uma oferta de aquisição da Syngenta. A empresa suíça recusou, mas a ser concretizada, a fusão poderia valer 40 mil milhões de euros.

A empresa conhecida pelas sementes ofereceu cerca de 45 mil milhões de dólares pela Syngenta, prémio de 35% face à cotação de fecho anterior da Syngenta, no entanto, a empresa suíça recusou, referindo que “a oferta da Monsanto não reflete as projeções de crescimento da companhia”, segundo a Bloomberg.

De acordo com o Financial Times, o presidente da Syngenta, Michel Demaré, explicou que a cotação da empresa está desvalorizada devido à evolução do franco suíço, no entanto, “os lançamentos recentes de novos produtos estão a atingir rapidamente crescimentos nas vendas, devido à forte procura por novas tecnologias. Além disso temos um forte ‘pipeline’ de inovações de produtos para protecção de culturas em desenvolvimento, que garantem um potencial de vendas de mais de três mil milhões de dólares.”