Quantcast
Agroindústria

PS Madeira defende alimentação saudável nas escolas

alimentação saudável escolas

O PS-M quer reduzir a taxa de obesidade nos alunos das escolas da Madeira, defendendo, por isso, a introdução de produtos biológicos nas refeições escolares. O partido vai apresentar, na Assembleia Legislativa da Madeira, um projeto piloto assente nesta filosofia.

O deputado Rui Caetano, porta-voz da iniciativa socialista, lembra que a Secretaria Regional de Educação tem desenvolvido um conjunto de iniciativas de sensibilização e de promoção da alimentação saudável, mas diz que “é preciso dar o exemplo”.

“A criação deste projeto piloto para fornecer refeições aos alunos com produtos biológicos em algumas escolas da região […] é importante e será um exemplo para as famílias”, disse em entrevista à RTP Madeira.

O socialista refere que os orçamentos das escolas não permitem desenvolver estas iniciativas, nem tão pouco a verba de 1000 euros que consta no Orçamento da Região para uma correta “promoção da alimentação saudável, dos alimentos biológicos e da agricultura convencional”.

Rui Caetano lembra que a Associação de Pais da Escola Eleutério de Aguiar, em 2018 e 2019, desenvolveu um projeto de alimentação saudável, que não teve continuidade devido à falta de uma “estratégia regional”. Por isso, sublinha a necessidade de uma “visão estratégica” nesta matéria, que passa por pela promoção da agricultura biológica junto dos agricultores.