Agroalimentar

Sabe quais são as novas tendências no agroalimentar?

Governo e Portugal Foods criam estratégia de internacionalização

Maior intervenção cívica do consumidor na obtenção dos alimentos, novos padrões de exigência de compra assentes na origem e no real valor nutritivo, crescente sentimento de pertença pelos alimentos nacionais e foco na redução do desperdício alimentar são as grandes tendências de consumo patentes na obra “Marketing Agroalimentar”, de Rui Rosa Dias, docente do IPAM, e de Joana Carvalho Afonso.

 “Trata-se de um livro que se debruça sobre as potencialidades e desafios dos setores agroalimentar e silvo-pastorial português e que tem como ponto de partida o crescente aumento das preocupações da sociedade com a agricultura, biodiversidade, bem-estar e emoções associadas ao consumo de alimentos”, explica o IPAM em comunicado.

Os autores refletem sobre as diferentes realidades de consumo dentro do setor agroalimentar, orientando os profissionais da área para um melhor entendimento da realidade. Simultaneamente, o livro contempla estudos de caso reais focados em setores como o vinho, conservas de pescado, lacticínios, bebidas refrescantes não alcoólicas e café.

 Rui Rosa Dias, refere que “o consumidor tem revelado sinais evidentes de mudança, mostrando que necessita de novos padrões alimentares, alternativos, mas com um ponto bem vincado: quer que as empresas falem verdade acerca do alimento, da sua origem, dos seus benefícios e malefícios.”