Quantcast
Agricultura de Precisão

Brasileiros vão mapear os solos para promover agricultura de precisão

Jovens agricultores nacionais querem apoiar agricultura moçambicana

A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) apresentou recentemente um novo programa que pretende mapear os solos brasileiros, promovendo assim a agricultura de precisão no país e gerando informações que permitam auxiliar a gestão territorial e a tomada de decisões, nomeadamente ao nível da concessão de crédito agrícola. De acordo com o Portal DBO, o Programa Nacional de Solos do Brasil (Pronasolos), como foi chamado, está orçamentado em milhares de milhões de euros e deverá ajudar o país a conseguir gerar ganhos de cerca de “40 mil milhões de reais dentro de uma década”.

Trata-se de uma iniciativa conjunta de diversos ministérios e órgãos federais brasileiros que pretende mapear os solos de Norte a Sul do país num período entre 10 a 30 anos.  De acordo com o website Portal DBO, “o Brasil paga um preço alto por não conhecer melhor o seu solo: falta de água no campo em grandes metrópoles; intensos processos erosivos do solo na área rural, que agravam enchentes e provocam desperdício de fatores de produção agropecuários, entre várias outras consequências”.

banner APP VR Mobile

De acordo com dados do Ministério do Meio Ambiente (MMA) do país, cerca de 140 milhões de hectares de terras brasileiras estão degradadas, o que corresponde a 16,5% do território. Este projeto poderá, assim, aumentar a competitividade do Brasil no mercado externo.