Empresas

Investidores que queriam Herdade da Comporta em 2015 voltam a fazer oferta

Herdade da Comporta colocada à venda

Os investidores norte-americanos que se mostraram interessados em comprar a Herdade da Comporta em 2015, voltaram a fazer uma oferta para ficarem com a empresa agrícola seis meses depois de terem desistido devido ao arresto de bens do antigo Grupo Espírito Santo (GES).

Asher Edelman e David Storper estão interessados na empresa que gere a atividade agrícola da propriedade e manifestaram-se disponíveis para adquirirem o fundo que gere o projeto turístico e imobiliário, de acordo com o Jornal de Negócios.

Recentemente, o Ministério Público autorizou o relançamento da venda da Comporta desde que haja um concurso aberto a vários interessados, que a operação seja feita pelo maior valor possível e que a receita da alienação fique sob a tutela do Estado.

Os investidores norte-americanos preveem um investimento global de 70 milhões de euros na Herdade da Comporta, como conta o Jornal de Negócios: 20 milhões para pagar a participação de 60% detida pela Rioforte e os restantes 50 milhões para relançar a atividade da sociedade.

Este processo arrasta-se há mais de um ano e foi travado devido ao arresto de bens do GES. Na proposta inicial, Asher Edelman e David Storper propunham a compra das duas unidades da Herdade da Comporta por 100 milhões de euros e disponibilizavam “200 milhões para assumir a dívida das duas empresas e outros 100 milhões para relançar a atividade da empresa agrícola e do fundo que gere o projeto turístico.”