Agricultura

Mercadona quer aproximar-se do setor agrícola nacional

Mercadona quer aproximar-se do setor agrícola nacional

O Presidente da Confederação de Agricultores de Portugal (CAP), Eduardo Oliveira e Sousa, e o Secretário-Geral, Luís Mira, estiveram esta semana nas instalações da Mercadona em Madrid para conhecer o modelo de Loja Eficiente que a empresa pretende implementar em Portugal, onde abrirá as primeiras lojas em 2019.

Em comunicado, a Mercadona explica que a visita teve como objetivo “dar a conhecer dois projetos da Mercadona que representam um grande avanço em termos de inovação e eficiência”: o Bloco Logístico Século XXI, em Ciempozuelos (Madrid) e o novo modelo de Loja Eficiente, que pretende melhorar e otimizar o tempo de compra.

Elena Aldana, Diretora de Relações Externas da Mercadona em Portugal, “é com muita satisfação que a Mercadona recebe nas suas instalações uma instituição com o reconhecimento da CAP, que tanto tem feito pelo setor agrícola em Portugal. A Mercadona tem entre os seus pilares fundamentais a defesa e desenvolvimento de uma Cadeia Agroalimentar Sustentável, na qual todas as partes trabalham de forma conjunta, eficiente e com uma visão a longo prazo focada na satisfação do Chefe (como nós denominamos o cliente)”.

Eduardo Oliveira e Sousa refere que “a proximidade entre quem vende e quem produz, assente numa relação de confiança e transparência, introduzindo nesta ligação uma forte componente tecnológica. Nota-se uma vontade de construir um relacionamento duradouro que está na base de que um negócio que, para ser bom, tem que ser bom para todas as partes envolvidas”.