Quantcast
Tecnologia e Máquinas Agrícolas

Procura por artigos de agricultura aumentou 42% em abril em relação aos primeiros meses do ano

Importação de máquinas usadas na agricultura passa a carecer de inspeção

A procura por artigos de agricultura aumentou cerca de 42% em abril, em relação aos primeiros meses do ano. As subcategorias que registaram maior procura este mês foram Alfaias Agrícolas (34%), Sementes (62%) e tratores (34%).

As conclusões são de um estudo realizado pelo OLX, baseado em dados disponíveis na plataforma, no qual analisa a evolução da procura (contactos feitos a anúncios), oferta (anúncios novos e ativos) e preço médio de artigos de agricultura, nomeadamente tratores, Alfaias Agrícolas e Sementes. As conclusões referem-se à análise dos primeiros oito meses de 2020 (janeiro a agosto), incluindo o período de confinamento e desconfinamento.

De acordo com estudo, do lado da oferta, em abril verificou-se um crescimento de 35% em novos anúncios publicados em comparação com o mês anterior. Já a respeito de anúncios ativos, não se verificou um aumento tão significativo, contudo, os meses de abril (5%) e maio (9%) destacaram-se em relação aos restantes.

Numa análise respeitante aos distritos com mais procura por artigos de agricultura, destaca-se Lisboa (11,8%), Santarém (9,9%), Aveiro (9,8%), Porto (9,8%).

A cidade de Lisboa (13,45%) liderou também o TOP de distritos com mais anúncios publicados, já o Porto (12,4%) e Aveiro (10%) ocupam a 2.ª e 3.ª posição, respetivamente.

Entre 1 de janeiro e 31 de agosto, a palavra “trator” foi a mais procurada na categoria de Agricultura. Os modelos mais pesquisados dentro da subcategoria de tratores foram “Kubota”, “Massey Ferguson” e “John Deere”.

“Estes dados mostram um aumento natural na procura por artigos de agricultura nos meses que antecedem ao verão. Os Tratores e as Alfaias Agrícolas são máquinas bastante caras mas que, bem conservadas, têm um tempo de vida útil muito grande. Sendo estes artigos necessários para os agricultores e, perante a crise que estamos a viver atualmente, é expetável que haja um aumento na procura de artigos desta categoria na nossa plataforma uma vez que no OLX existem sempre opções mais económicas e que vão ao encontro das necessidades dos nossos utilizadores”, explica Andreia Pacheco, brand manager do OLX Portugal.