Inovação

Portugueses criam pão de algas

Portugueses criam pão de algas

O Grupo de Investigação em Recursos Marinhos (GIRM), unidade de investigação do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), vai apresentar um pão de algas, um projeto que pretende ser “uma alternativa saudável ao pão tradicional”.

“O pão de algas, que foi desenvolvido pelo GIRM em colaboração com as empresas Calé e Algaplus, assume-se como uma alternativa mais saudável ao pão tradicional por não ter adição de sal. As algas marinhas conferem naturalmente ao pão um teor de sal e um ótimo sabor, que torna desnecessária a adição de sal, sendo por isso um produto nutricionalmente mais saudável, e conta com o apoio da Fundação Portuguesa de Cardiologia”, explicam os responsáveis pelo projeto.

Este projeto envolve a produção de algas pela empresa Algaplus. “O pão de algas tem uma elevada capacidade antioxidante associada à adição das algas, e, por não ter sal, será certamente um aliado em regimes restritivos deste condimento/mineral”, explica Susana Mendes, coordenadora do projeto.

Recentemente o pão de algas conquistou o 3.º lugar no I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores. A partir do dia 24 de abril, o pão de algas estará à venda em Peniche e nas Caldas da Rainha nas padarias e pastelarias do grupo Calé.